Basenji

  • RESUMO HISTÓRICO: 

O Basenji é uma das raças mais antigas, e foi descoberto no Congo Africano vivendo com caçadores pigmeus. Os primeiros exploradores nomeavam os cães de acordo com a tribo ou com a área em que eram achados, como os Zande dogs ou os Terriers do Congo. As tribos nativas utilizavam os cães (que costumavam usar sinos no pescoço) como caçadores em bando, que conduziam as presas até as redes. As primeiras tentativas de levar Basenji para a Inglaterra no final de 1800 e início de 1900 não deram certo, porque os cachorros morriam de doenças como a cinomose. Nos anos 30, alguns cães foram novamente levados à Inglaterra e se tornaram o início da raça fora da África, juntamente com importações do Sudão e do Congo. 

 

País de Origem: África Central

 

APARÊNCIA GERAL: De construção leve, animal aristocrático de ossatura fina, membros altos comparado ao seu comprimento, sempre equilibrado, alerta e inteligente. Cabeça enrugada com orelhas eretas, orgulhosamente portada sobre um pescoço bem arqueado. Peito profundo subindo para um esgalgamento bem definido, cauda firmemente enrolada, apresentando a figura de um cão bem balanceado, com a graça de uma gazela.

PROPORÇÕES IMPORTANTES: A distância entre o topo da cabeça até o stop, é ligeiramente maior do que a distância do stop a extremidade da trufa.

COMPORTAMENTO E TEMPERAMENTONão late, mas não é mudo, tem um barulho próprio e especial, uma mistura de chortle (risadinha de desdém, chacota) com yodel (canto ou cantar em que se alternam abrupta e continuamente a voz normal e o falsete. Notável por sua limpeza em todos os sentidos. Uma raça inteligente, independente, mas afeiçoada e alerta. Pode ser indiferente com estranhos.

CABEÇA: Rugas finas e profusas aparecem na cabeça quando as orelhas estão eretas; rugas nas laterais da cabeça são desejadas, mas não em exagero a ponto de formar barbelas. As rugas são mais evidentes nos filhotes, mas pela falta de sombra na pelagem, menos perceptíveis nos tricolores.

  • REGIÃO CRANIANA
     

Crânio: Plano, bem cinzelado, largura média, afinando para a trufa. As linhas laterais do crânio afinam gradualmente para a boca, dando uma aparência plana às bochechas.

 

Stop: Ligeiro
 

  • REGIÃO FACIAL

Trufa: Desejável trufa preta

Maxilares e Dentes: Maxilares fortes com uma perfeita, regular e completa mordedura em tesoura.

Olhos: Escuros, de forma amendoada, inseridos obliquamente, de olhar distante e de expressão impenetrável.
 

Orelhas: Pequenas, pontudas, eretas e ligeiramente inclinadas para a frente, de textura fina, bem inseridas para a frente no topo da cabeça. A ponta das orelhas são mais próximas do centro do crânio do que dos bordos externos da base.
 

PESCOÇO: Forte e de bom comprimento, sem ser espesso, bem arqueado e ligeiramente cheio na base da garganta com uma curva graciosa acentuando o arqueamento. Bem inserido nos ombros, dando à cabeça um porte altivo.
 

  • TRONCO

Dorso: Curto, nivelado
 

Lombo: Curto

PeitoProfundo. Costelas bem arqueadas, profundas e ovais.
 

CAUDA: Inserida alta. A curva da nádega ultrapassa a raiz da cauda, dando uma aparência larga aos posteriores. O anel da cauda deitado firmemente sobre a garupa, forma uma curva simples ou dupla.

  • MEMBROS

 

ANTERIORES: Pernas retas com ossos finos. Pernas em uma linha reta para o solo dando uma frente de largura média.

Ombros: Bem colocados para trás, musculosos, porém, não carregados.
 

Cotovelos: Bem ajustados ao peito. Vistos de frente, estão alinhados às costelas.
 

POSTERIORES: Fortes e musculosos.

Joelhos: De angulação moderada.
 

Patas: Pequenas, estreitas e compactas, com almofadas profundas; dedos bem arqueados e unhas curtas.

MOVIMENTAÇÃO: Pernas direcionadas para a frente com passadas fáceis, longas, sem esforço e cadenciadas.

PELE: Muito flexível.

 

  • PELAGEM

 

Pelo: Curto, brilhante e fechado, muito fino.
 

  • COR: Puro preto e branco. Vermelho e branco. Preto, castanho e branco com “melon pips” (pintas castanhas sobre os olhos) e marcas castanhas no focinho e bochechas. Preto. Castanho e branco. Tigrado (brindle): fundo vermelho com faixas pretas, estas faixas o mais claramente definidas possível. Deve ter branco nas patas, no peito e na ponta da cauda. Pernas brancas, colar branco e “blaze” (faixa branca que vai do focinho até o occipital, passando pelo crânio entre as orelhas), são opcionais.

 

TAMANHO: Machos 43 cm 
                      Fêmeas 40 cm 
 

  • FALTAS 

 

Qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem estar do cão.

  • FALTAS DESQUALIFICANTES
     

• Agressividade ou timidez excessiva.

• Todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado. 

  • NOTAS

 

• Os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos e acomodados na bolsa escrotal.

• Somente os cães clinicamente e funcionalmente saudáveis e com conformação típica da raça deveriam ser usados para a reprodução.

Reconhecimento Internacional:

Entidade sem fins lucrativos

CNPJ 26.249.262/0001-88

  • Grey Facebook Icon
  • Veja

Patrocinadores:

centralotima.png