Bedlington Terrier

APARÊNCIA GERAL: Musculoso, gracioso, doce e gentil sem traço de fragilidade ou aparência grosseira. Uma característica bem específica é em forma de pêra ou cuneiforme.
 

Personalidade: Dócil, gentil e gracioso.
 

Nível de energia: Moderadamente ativo. 
 

Bom com crianças: Sim.

 

Bom com outros cães: Com supervisão.

 

Grooming: Sazonal.

 

Expectativa de vida: 08-10 anos.

Nível de latido: Late quando necessário.

  • RESUMO HISTÓRICO 


Natural das antigas áreas mineiras do norte da Inglaterra. Sua fama se espalhou para fora da sua região de origem, tendo sido iniciada em 1877 uma associação para a criação da raça. Embora sua expressão seja meiga, ele é perfeitamente capaz de se defender por si só, mas não irá à procura de uma briga. É um pequeno cão resistente, esta raça única tem a aparência de um cordeiro, mas não se deixe enganar, ele é um terrier por completo. 

País de Origem: Grã-Bretanha.

COMPORTAMENTO E TEMPERAMENTO: Possui temperamento amigável, esperto e com instinto de caça, confiante. De natureza afetuosa.
 

CABEÇA:

  • REGIÃO CRANIANA 
     

Crânio: Bem arredondado e estreito.
 

Stop: Sem a presença de stop.
 

  • REGIÃO FACIAL

 

Focinho: Cheio sob olhos.
 

Trufa: De cor preta nos exemplares azul e azul e castanho, de cor marrom nos exemplares fígado e areia.

Maxilares e Dentes: Mordedura em tesoura, dentes fortes e largos.
 

Lábios: Bem ajustados e firmes.

 

Expressão: Graciosa.

Olhos: De tamanho pequeno, com aparência triangular. Nos cães azuis, olhos de cor escura; nos azuis e castanho olhos mais claros, nos cães fígado e areia olhos castanho claro.
 

Orelhas: Inseridas baixas, portadas caídas em forma de avelã. Possui textura fina e é recoberta por uma camada de pelos curto e fino.
 

PESCOÇO: Pescoço longo e fino, livre de barbelas.
 

  • TRONCO
     

Linha Superior: Nivelado.
 

Dorso: Bem desenvolvido com arco sobre o lombo.

 

Peito: Largo e profundo.

CAUDA: Inserida e portada baixa, grossa em seu início e afilada até a ponta.

  • MEMBROS

ANTERIORES

Ombros: Bem colocados para trás, longos, planos e oblíquos.

Cotovelos: Bem aderentes ao peito.
 

Patas: Com almofadas grossas, longos pés de lebre.
 

POSTERIORES

Jarretes: Com angulação moderada.

Coxas: Bem desenvolvidas.

Patas: Com almofadas grossas, longos pés de lebre.

  • MOVIMENTAÇÃO: Suave e elástico, galopa em grande velocidade.
     

  • PELAGEM

Pelo: Encaracolado, espesso e feltrado.

  • COR: Azul, azul e castanho, fígado ou areia.

 

TAMANHO: Fêmeas - 38 a 41 cm/Machos - 41 a 43 cm

  • FALTAS 

Qualquer desvio em relação a este padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem estar do cão. 

FALTAS DESQUALIFICANTES

 

• Agressividade ou timidez excessiva.

• Todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.

• Cães atípicos.

Reconhecimento Internacional:

Entidade sem fins lucrativos

CNPJ 26.249.262/0001-88

  • Grey Facebook Icon
  • Veja

Patrocinadores:

centralotima.png