Cão de Crista Chinês

APARÊNCIA GERAL: Um cão pequeno, ativo e gracioso; de ossatura média à fina; corpo uniformemente sem pelos, com pelos somente na cabeça, patas e cauda; ou coberto por um véu de pelos macios. Existem dois tipos distintos desta raça: o “Deer Type”, vivaz e de ossatura fina e o “Cobby Type”, de constituição e ossatura mais pesadas.
 

Personalidade: Elegante, ativo e feliz.
 

Nível de energia: Moderadamente ativo. 
 

Bom com crianças: Sim.

 

Bom com outros cães: Com supervisão.

 

Grooming: Sazonal.

 

Expectativa de vida: 13-15 anos.

Nível de latido: Late quando necessário.

  • RESUMO HISTÓRICO 

O cão de crista chinês apresenta-se em duas variedades – o Pelado e o “Powder Puff”. O Pelado tem uma crista de pelo em sua cabeça que se estende para a parte de baixo de seu pescoço, "meias", abrangendo os dedos das patas, e uma pluma em sua cauda. O resto do seu corpo é, como seu nome implica, sem pelos. A variedade “Powder Puff” é inteiramente coberta por um véu de pelos longos e macios. Embora seja difícil identificar sua origem, é dito que eram de propriedade de famílias da dinastia Han da China. Os Cães de Crista Chineses foram desenvolvidos nesta época como guardiões das casas do tesouro e com um tamanho maior, mais pesados, como cães de caça. Eles foram vistos em exposições na América entre 1885 e 1926, mas, depois, raramente foram vistos por cerca de cinquenta anos.

País de Origem: China.

COMPORTAMENTO E TEMPERAMENTO: Feliz e nunca agressivo.

CABEÇA: Lisa, sem excesso de rugas. A distância da base do crânio ao stop, é igual à distância do stop à ponta da trufa. A cabeça apresenta uma aparência graciosa com uma expressão alerta.

  • REGIÃO CRANIANA 
     

Crânio: Ligeiramente arredondado e alongado.

 

Stop: Ligeiramente pronunciado, mas não excessivo.

 

  • REGIÃO FACIAL

 

Trufa: Uma característica importante estreita em relação ao focinho; qualquer cor para a trufa é aceitável.

 

Focinho: Estreita-se ligeiramente, sem ser pontudo, seco e sem lábios pendentes.

 

Lábios: Aderentes e finos.

 

Maxilares e Dentes: Maxilares fortes, com uma perfeita e regular mordedura em tesoura, isto é, os dentes superiores recobrem os dentes inferiores e são inseridos ortogonalmente aos maxilares.

 

Bochechas: Bem esculpidas, magras e planas, afilando-se até o focinho.

 

Olhos: Tão escuros que pareçam pretos. Um pouco ou nenhum branco da conjuntiva deve aparecer. De tamanho médio, de formato amendoado. Inseridos bem separados.

 

Orelhas: De inserção baixa: o ponto mais alto da base da orelha está nivelado com a parte externa do olho. Grandes e eretas, com ou sem franjas, exceto na variedade “Powder Puffs”, onde as orelhas caídas são permitidas.

PESCOÇO: Magro, sem barbelas, longo e inclinando-se graciosamente em fortes ombros. Quando em movimento, está portado alto e levemente arqueado.

 

TRONCO: De médio a longo, flexível.

 

Dorso: Plano.

 

Lombo: Firme.

 

Garupa: Bem arredondada e musculosa.

 

Peito: Largo e profundo, sem ter costelas em barril. O esterno não é proeminente. A caixa torácica se estende até os cotovelos.

 

Linha inferior: Ligeiramente esgalgada.

 

CAUDA: De inserção alta, portada para cima ou para fora quando em movimento. Longa e afilada, razoavelmente reta, nem enrolada nem dobrada para nenhum lado, caindo naturalmente quando em repouso. Franjas longas e flutuantes, limitadas aos últimos dois terços (2/3) da cauda. Franjas pouco abundantes são aceitáveis.

 

  • MEMBROS

 

ANTERIORES

 

Aparência geral: Pernas longas e finas, bem inseridas sob o tronco.

 

Ombros: Limpos, estreitos e bem inclinados para trás.

 

Cotovelos: Bem ajustados ao corpo.

 

Metacarpos: Finos, fortes, quase verticais.

 

Patas: Pés de lebre estendidos, estreitos e longos. Unhas de qualquer cor, moderadamente longas. “Meias” preferencialmente limitadas aos dedos, indo no máximo até o topo do metacarpo. As patas não devem virar nem para dentro, nem para fora.

 

POSTERIORES

 

Aparência geral: Pernas bem separadas. As angulações devem ser suficientes, de maneira a deixar o dorso nivelado.

 

Joelhos: Firmes e longos, passando suavemente nos jarretes.

 

Metatarsos: Jarretes bem descidos.

 

Patas: Pés de lebre estendidos, estreitos e longos. Unhas de qualquer cor, moderadamente longas. “Meias” preferencialmente limitadas aos dedos, indo no máximo até o topo do metacarpo. As patas não devem virar nem para dentro, nem para fora.

  • MOVIMENTAÇÃO: Alongada, fluente e elegante, com bom alcance e muita propulsão.

 

PELE: De espessura fina, lisa, quente ao toque.

 

  • PELAGEM

 

Pelo: Em nenhuma parte do corpo deve haver grandes áreas com pelos. Uma longa e fluida crista é preferível, mas uma crista escassa é aceitável; de preferência começando do “stop” e diminuindo até a parte de baixo do pescoço. Nos “Powder Puff” a pelagem de cobertura consiste de um subpelo com um véu macio de pelos longos, sendo característica a pelagem em forma de véu. 

 

COR: Qualquer cor ou combinação de cores.

TAMANHO: Ideal na cernelha: Machos: 28 a 33 cm Fêmeas: 23 a 30 cm
 

  • FALTAS 

Qualquer desvio em relação a este padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem estar do cão. 

FALTAS DESQUALIFICANTES

 

• Agressividade ou timidez excessiva.

• Todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.

• Cães atípicos.

Reconhecimento Internacional:

Entidade sem fins lucrativos

CNPJ 26.249.262/0001-88

  • Grey Facebook Icon
  • Veja

Patrocinadores:

centralotima.png