Dandie Dinmont Terrier

APARÊNCIA GERAL: Sua cabeça é uma de suas principais características, revestida por pelos sedosos. Possui olhos grandes e um tronco longo e baixo. Seus membros são curtos e fortes; e o pelo resistente às intempéries.
 

Personalidade: Inteligente e sensato.
 

Nível de energia: Moderadamente ativo. 
 

Bom com crianças: Sim.

 

Bom com outros cães: Com supervisão.

 

Grooming: Sazonal.

 

Expectativa de vida: 12-15 anos.

Nível de latido: Late quando necessário.

  • RESUMO HISTÓRICO 

Sua origem é pouco conhecida. Diferente dos terriers na aparência e no comportamento, é descrito como um canino leal, calmo e tolerante com outros cães, embora brigue quando instigado. Conhecido por sua força, tem como principal característica suas pernas curtas e seu dorso longo. Podendo atingir os 28 cm e pesar 11 kg, tem seu adestramento qualificado como de dificuldade moderada para donos inexperientes.

País de Origem: Grã-Bretanha.

COMPORTAMENTO E TEMPERAMENTO: Possui temperamento amigável, apto ao trabalho. É independente e persistente, ao mesmo tempo é sensível e afetuoso.
 

CABEÇA: Grande, mas proporcional ao corpo e tamanho. Maxilares desenvolvidos.

  • REGIÃO CRANIANA 
     

Crânio: Largo, a testa é bem arqueada. A cabeça é revestida por pelo macio e sedoso. 

 

  • REGIÃO FACIAL

 

Focinho: Sua linha superior possui uma região triangular sem pelos. Proporção com o crânio de 3:5.
 

Trufa: Preta.

Maxilares e Dentes: Mordida em tesoura com maxilares fortes.
 

Lábios: Bem desenvolvidos.

 

Expressão: Inteligente e alerta.

Olhos: De cor castanho escuro, bem separados e baixos. De tamanho grande e redondo, mas sem protuberância.
 

Orelhas: Caídas. Inseridas bem para trás, bem separadas, baixas, pendentes contra as bochechas com uma ligeira elevação na base; são largas na junção da cabeça e afinando quase pontuda. A parte anterior da orelha forma uma linha quase reta, da base até a ponta. Tanto a cartilagem, quanto a pele são muito finas. O comprimento total da orelha é de 7,5 a 10 cm. A cor da pelagem das orelhas deve harmonizar-se com o a do corpo. Em um cão com a pelagem de cor pimenta, as orelhas são revestidas de uma pelagem macia, reta e escura (em alguns casos, quase preta). Nos exemplares de cor mostarda, a pelagem da orelha também deve ser mostarda, porém, num tom mais escuro que o restante da pelagem, mas jamais preta. Ambas devem ter uma fina franja de pelos claros nascendo à cerca de 5 cm da ponta, de coloração e textura quase idênticas à do “topete”, dando à orelha um certo destaque. É possível que esta franja só apareça após os dois anos de idade.

PESCOÇO: Pescoço bem inserido nos ombros, musculoso e bem desenvolvido.
 

  • TRONCO
     

Peito: Desenvolvido e bem descido entre os membros anteriores.
 

Dorso: Baixo em relação ao nivel dos ombros, linha superior bem musculosa.

CAUDA: Inserida e portada no nível do dorso, tamanho médio, começa grossa e vai afinando gradualmente.

  • MEMBROS

 

ANTERIORES: Curtos com grande desenvolvimento muscular e ósseo 

Ombros: Bem colocados para trás, sem serem pesados.

Patas: Voltadas para frente, em repouso ligeiramente desviadas para fora.
 

POSTERIORES

Jarretes: Bem descidos.

Coxas: Bem desenvolvidas.

Patas: Redondas e acolchoadas. Menores que as anteriores.

  • MOVIMENTAÇÃO: A impulsão é proveniente dos membros posteriores, dando uma passada fluente, livre e fácil, com bom alcance dos anteriores. 
     

  • PELAGEM

Pelo: Pelagem dupla, com subpelo macio, que se assemelha à gaze, e o pelo de cobertura mais duro, sem ser de arame, mas que ao toque parece áspero. Os pelos não devem cair sobre o dorso, mas devem formar tufos por causa dos pelos duros que atravessam o subpelo macio. Os membros anteriores possuem franjas de aproximadamente 5cm. A parte superior da cauda é revestida por pelos duros e a parte inferior, por pelos não tão duros, apresentando uma elegante franja de pelos mais macios.

  • COR:

    1. Pimenta: Abrange do preto azulado escuro ao cinza prata claro, sendo as tonalidades intermediárias preferidas. A cor do tronco se estende bem pelos ombros e pela garupa, fundindo-se, gradualmente, com a cor dos membros, que varia de acordo com a cor do tronco, do castanho intenso ao fulvo pálido. Um abundante “topete” branco prateado.

    2. Mostarda: Abrange do marrom avermelhado ao fulvo pálido. Um abundante “topete” branco creme. Os membros e as patas têm um tom mais escuro que o da cabeça.

 

TAMANHO: Fêmeas - 20 a 25 cm/Machos - 25 a 28 cm

  • FALTAS 

Qualquer desvio em relação a este padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem estar do cão. 

FALTAS DESQUALIFICANTES

 

• Agressividade ou timidez excessiva.

• Todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.

• Cães atípicos.

Reconhecimento Internacional:

Entidade sem fins lucrativos

CNPJ 26.249.262/0001-88

  • Grey Facebook Icon
  • Veja

Patrocinadores:

centralotima.png