Irish Terrier

APARÊNCIA GERAL: De aparência forte e ágil, sempre alerta. O nome da raça, Pointer, tem relação com a função que os cães desempenhavam muitíssimo bem e continuam a desempenhar: a de encontrar a presa e aponta-la para o caçador. 
 

Personalidade: Inteligente, alerta e ágil.
 

Nível de energia: Muito Ativo. Este cão é ativo e enérgico, e precisa de exercícios diários. 
 

Bom com crianças: Sim.

 

Bom com outros cães: Com supervisão.

 

Grooming: Sazonal.

 

Expectativa de vida: 10-12 anos.

Nível de latido: Late quando necessário.

  • RESUMO HISTÓRICO 

O cão Terrier Irlandês é um dos mais antigo de todas as raças irlandesas. Antes de 1880 a cor do Terrier Irlandês não havia sido definida. Além do vermelho, eles as vezes eram, preto e castanho ou tigrados. Ao final do século 19 esforços foram feitos para as cores preto e castanho e o tigrado da raça, dessa forma, por volta do século 20 todos os Terrier Irlandês apresentavam a pelagem vermelha. O Terrier Irlandês de pelo vermelho logo fez seu aparecimento em apresentações na Inglaterra e nos Estados Unidos, onde foi estusiasticamente recebido.
 

País de Origem: Irlanda.

COMPORTAMENTO E TEMPERAMENTO: O Terrier Irlandês, é fiel, de bom temperamento e amigável, mas quando atacado, possui a coragem de um leão e lutará até o final. Facilmente treinado e gentil.
 

CABEÇA:

  • REGIÃO CRANIANA 
     

Crânio: Plano e estreito entre as orelhas.
 

Stop: Quase não visível.
 

  • REGIÃO FACIAL

 

Trufa: Preta

Maxilares e Dentes: Devem ser fortes e musculosos e de bom comprimento.
 

Lábios: Bem desenvolvidos, ajustados e de contorno quase preto.

 

Expressão: Inteligente e alerta.

Olhos: De cor escura, de tamanho pequeno.
 

Orelhas: Pequenas, em forma de "V", de espessura moderada, bem inseridas na cabeça e dobradas para a frente rente às faces. A linha da dobra da orelha deve ficar bem acima do nível do crânio.
 

PESCOÇO: Livre de barbelas, de comprimento razoável, aumentando gradativamente até os ombros.
 

  • TRONCO
     

Lombo: Musculoso e levemente arqueado.
 

Dorso: Bem desenvolvido. Forte e reto.

CAUDA: Deve ser inserida bastante alta, portada alegremente mas não sobre o dorso ou enrolada. Bem robusta e substanciosa e razoavelmente longa.

  • MEMBROS

 

ANTERIORES

Ombros: Bem colocados para trás, longos e refinados.

Cotovelos: Livres nas laterais.
 

Patas: Fortes, razoavelmente redondas e moderadamente pequenas; dedos arqueados e corretamente direcionados para a frente.
 

POSTERIORES

Jarretes: Próximos ao solo.

Coxas: Bem desenvolvidas.

Patas: Fortes, razoavelmente redondas e moderadamente pequenas; dedos arqueados e corretamente direcionados para a frente.

  • MOVIMENTAÇÃO: Anteriores e posteriores paralelos e direcionados para a frente. Cotovelos movendo-se paralelos ao eixo do corpo, livre nas laterais, joelhos não virando nem para dentro nem para fora.
     

  • PELAGEM

Pelo: Denso e de textura de arame. Uma barba moderada são os únicos pelos longos (e só são longos em comparação com o resto do pelo) isso é permitido e é característico. Uma barba de “bode” sugere que os pelos sejam sedosos e geralmente uma pelagem ruim pelo tronco.

  • COR: Vermelho, vermelho trigo ou vermelho amarelado. Branco as vezes no peito.

 

TAMANHO: Aproximadamente 45,5cm.

  • FALTAS 

Qualquer desvio em relação a este padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem estar do cão. 

FALTAS DESQUALIFICANTES

 

• Agressividade ou timidez excessiva.

• Todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.

• Cães atípicos.

Reconhecimento Internacional:

Entidade sem fins lucrativos

CNPJ 26.249.262/0001-88

  • Grey Facebook Icon
  • Veja

Patrocinadores:

centralotima.png