King Charles Spaniel

APARÊNCIA GERAL: Refinado, compacto e atarracado.
 

Personalidade: Afetuoso e gentil.
 

Nível de energia: Moderadamente Ativo.  
 

Bom com crianças: Sim.

 

Bom com outros cães: Com supervisão.

 

Grooming: Sazonal.

 

Expectativa de vida: 10-15 anos.

Nível de latido: Late quando necessário.

  • RESUMO HISTÓRICO 

Um óbvio parente do Cavalier King Charles Spaniel, este cão é conhecido em alguns países como “English Toy Spaniel” e seu nome deriva de um cão que era o grande favorito do rei Charles II. “Toy Spaniels” têm sido valorizados como animais de estimação tanto na Inglaterra como no Continente, e foram cruzados para um tamanho cada vez menor e menor de cães “Setter” (de cães de caça) que estabeleceram o tipo dos “spaniels”. Basicamente, esses eram pequenos cães de caça de tiro, mas mimados por ricos proprietários, admirados por seu companheirismo e cruzados com os cães do tipo “toy” do Oriente, dando origem a sua aparência facial

País de Origem: Grã-Bretanha.

COMPORTAMENTO E TEMPERAMENTO: Feliz, inteligente, um Spaniel pequeno, com cabeça distintamente abobadada. Reservado, gentil e afetuoso.

CABEÇA:

  • REGIÃO CRANIANA 
     

Crânio: Moderadamente grande em comparação ao tamanho, bem abobadado, cheio sobre os olhos.

 

Stop: Entre a trufa e o crânio, bem definido.

 

  • REGIÃO FACIAL

 

Trufa: Preta, com narinas grandes e bem abertas; curta e projetada para cima.

 

Focinho: Quadrado, largo e profundo, bem projetado para cima.

 

Lábios: Perfeitamente unidos, dando um bom acabamento ao focinho.

 

Maxilares e Dentes: Mandíbula larga. Mordedura com um ligeiro prognatismo inferior. Língua à mostra (com a boca fechada) é altamente indesejável.

 

Bochechas: Não caídas abaixo dos olhos, mas bem cheias (volumosas).

 

Olhos: Relativamente grandes e escuros; bem separados. Pálpebras em ângulo reto com o eixo da face; expressão agradável.

 

Orelhas: Inseridas baixas, pendentes rentes à face, bem longas e bem franjadas.

 

PESCOÇO: De comprimento médio; arqueado, dando um porte orgulhoso à cabeça.

 

  • TRONCO

 

Dorso: Curto e nivelado.

 

Peito: Largo e profundo.

 

CAUDA: Bem franjada, não portada nem acima nem abaixo do nível do dorso. Em total harmonia com o restante do cão.

 

  • MEMBROS

 

ANTERIORES

 

Ombros: Bem inclinados.

Cotovelos: Rentes à caixa torácica, não virando nem para dentro nem para fora.

 

Antebraços: Pernas curtas e retas.

 

Metacarpos: Firmes.

 

Patas: Compactas, bem acolchoadas e franjadas. Dedos bem curvados, redondos, em forma de “pés de gato”, bem almofadados.

 

POSTERIORES

 

Aparência geral: Musculatura suficiente para gerar um movimento com boa propulsão.

 

Joelhos: Bem angulados. 

 

Metatarsos: Jarretes bem descidos e definidos. Retos quando vistos por trás, não virando nem para dentro nem para fora.

 

Patas: Compactas, bem acolchoadas e franjadas. Dedos bem curvados, redondos, em forma de “pés de gato”, bem almofadados.

 

  • MOVIMENTAÇÃO: Livre, ativa e elegante, com os posteriores dando a propulsão. É altamente desejável um movimento íntegro.

 

PELAGEM

 

Pelo: Longo, sedoso e reto; ligeira ondulação é permitida, nunca encaracolada. Pernas, orelhas e cauda com profusas franjas.

 

COR: 

1. Preto e Castanho: Um rico preto lustroso, com marcas castanho-avermelhadas brilhantes no focinho, pernas, peito, face interna das orelhas, abaixo da cauda e pontos sobre os olhos. Mancha branca no peito é indesejável.

 

2. Tricolor: Cor básica branco pérola com manchas pretas bem distribuídas; marcas castanhas brilhantes nas bochechas, na face interna das orelhas, abaixo da cauda e pontos sobre os olhos. Larga faixa branca entre os olhos e sobre a testa.

 

3.“Blenheim”: Cor básica branco pérola, com manchas castanho-avermelhadas bem distribuídas. Larga faixa clara com o “ponto” castanho-avermelhado bem definido no centro do crânio, aproximadamente do tamanho de uma moeda (de um centavo).

 

4. Rubi: Unicolor, castanho-avermelhado intenso. Mancha branca no peito é altamente indesejável.

 

PESO: de 3,6 a 6,3 kg. 
 

  • FALTAS 

Qualquer desvio em relação a este padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem estar do cão. 

FALTAS DESQUALIFICANTES

 

• Agressividade ou timidez excessiva.

• Todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.

• Cães atípicos.

Reconhecimento Internacional:

Entidade sem fins lucrativos

CNPJ 26.249.262/0001-88

  • Grey Facebook Icon
  • Veja

Patrocinadores:

centralotima.png