Schipperke

APARÊNCIA GERAL: O Schipperke é um cão de guarda ágil e ativo e um caçador de vermes. Na aparência, ele é um cão pequeno, grosso, preto, com um rosto de raposa. O cão é de perfil quadrado e possui um pelo de cobertura densa,
 

Personalidade: Alerta, curiosa, confiante; intenso, um pouco imprudente.

 

Nível de energia: Muito ativos, energéticos, gostam de andar, brincar e explorar.
 

Bom com crianças: Melhor com supervisão.

 

Bom com outros cães: Com supervisão.

 

Grooming: Ocasionalmente.

 

Expectativa de vida: 12-14 anos.

Nível de latido: Gosta de latir.

  • RESUMO HISTÓRICO 

O nome Schipperke significa “Pequeno pastor”, e alguns estudos sugerem que a raça foi originada na Bélgica, no século XVI. Atualmente, a raça é muito usada para companhia ou guarda. O Schipperke é conhecido por suas excelentes habilidades de vigilância.

País de Origem: Bélgica.

COMPORTAMENTO E TEMPERAMENTO: O Schipperke é curioso, interessado em tudo ao seu redor e é um cão de guarda excelente e fiel. Ele é reservado com estranhos e pronto para proteger sua família e propriedade, se necessário. Ele exibe uma personalidade confiante e independente, refletindo a finalidade original da raça como cão de guarda e caçador.

CABEÇA:

  • REGIÃO CRANIANA 
     

Crânio: O crânio é de largura média, estreitando em direção a o focinho. Visto de perfil com as orelhas descontraídas, o crânio é ligeiramente arredondado, a cabeça forma uma cunha diminuindo suavemente da parte de trás do crânio até a ponta do nariz.

 

Stop: Definido.

  • REGIÃO FACIAL

 

Focinho: Comprimento do focinho é ligeiramente inferior ao comprimento do crânio.
 

Trufa: Pequena e preta.

Maxilares e Dentes: A mordida deve ser tesoura ou nível. Qualquer desvio é severamente penalizado.

 

Lábios: Bem ajustados e pretos.

 

Expressão: A expressão é questionadora, maliciosa e alerta.

Olhos: O ​​ideal são olhos pequenos, ovais em vez de redondos, castanhos escuros e colocados para a frente na cabeça.


Orelhas: As orelhas são pequenas, triangulares, colocadas na cabeça e, quando em atenção, muito eretas.

PESCOÇO: O pescoço é de comprimento moderado, ligeiramente arqueado e em equilíbrio com o resto do cachorro para dar a silhueta correta.

  • TRONCO
     

Linha Superior: Reta e firme.
 

Dorso: Bem desenvolvido, curto, forte e reto.

CAUDA: Ancorada, alguns cães podem nascer sem cauda (anuro) ou com ela incompleta, não deve ser penalizado.

  • MEMBROS

 

ANTERIORES

Braços: Longos e oblíquos.
 

Cotovelos: Nem para dentro, nem para fora. Fortes.

 

Patas: Os pés são pequenos, redondos e bem ajustados. As unhas são curtas, fortes e pretas.
 

POSTERIORES

Jarretes: Jarrete perpendicular.

Pernas: As pernas são longas, diretas e paralelas, quando visto de todos os lados, ajustadas bem abaixo do corpo para permitir um longo passo.
 

Patas: Os pés são bastante pequenos, de forma oval com os dedos bem arqueados e amortecidos em almofadas firmes grossas. Os pés não ficam nem dentro nem fora.

  • MOVIMENTAÇÃO: Trote suave, bem coordenado e gracioso (basicamente duplo rastreamento a uma velocidade moderada), com tendência a convergir gradualmente para o centro. Frente e traseira devem estar em perfeito equilíbrio com bom alcance na frente e dirija na parte traseira. A linha superior permanece nivelada ou ligeiramente inclinada para baixo de os ombros para o traseiro. Visto de frente, os cotovelos permanecem próximos do corpo. As pernas formam uma linha reta dos ombros através dos cotovelos até os dedos dos pés, com os pés apontados direto em frente. Da parte traseira, as pernas formam uma linha reta do quadril através dos javali para o almofadas, com os pés apontando para frente.
     

  • PELAGEM

Pelo: O pelo no  adulto é altamente característico e deve incluir vários comprimentos distintos crescendo naturalmente em um padrão específico. É curto no rosto, orelhas, frente das pernas dianteiras e nos jarretes. É abundante, reto e ligeiramente áspero ao toque. O subpelo é mais suave, denso e curto no corpo e é muito denso ao redor do pescoço.

  • COR: Preto.
     

TAMANHO: 27 cm a 33 cm para os machos e 25 cm a 30 cm para as fêmeas.

  • FALTAS 

Qualquer desvio em relação a este padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem estar do cão. 

FALTAS DESQUALIFICANTES

 

• Agressividade ou timidez excessiva.

• Todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.

• Cães atípicos.

• Falta de pigmentação na trufa, lábios e pálpebras.

• Orelhas caídas ou semi-eretas.

• Pelagem longa e macia ou sedosa, um tipo de pelagem de pelos longos; franjas de pelos longos nas orelhas, atrás dos membros, etc.; total ausência de subpelo.

• Qualquer cor que não seja o preto ou com pequenas manchas brancas mesmo nos dedos.

• Cauda portada totalmente enrolada.

• Exemplar cuja pelagem não seja unicolor.

• Trufa totalmente despigmentada.

Reconhecimento Internacional:

Entidade sem fins lucrativos

CNPJ 26.249.262/0001-88

  • Grey Facebook Icon
  • Veja

Patrocinadores:

centralotima.png